PULO - DO - GATO Nº 14
Continuação de verbos

1) Formas rizotônicas e arrizotônicas

São rizotônicas as formas verbais cuja acentuação tônica recai dentro do radical. No presente do indicativo temos: cant/o, cant/as, cant/a e cant/am. No presente do subjuntivo: cant/e, cant/es, cant/e e cant/em. São arrizotônicas as flexões em que acentuação tônica está fora do radical: cant/amos, cant/ais e cant/emos, cant/eis.

Na prática observe-se que são rizotônicas: a 1ª, a 2ª e 3ª pessoas do singular mais a 3ª pessoa do plural dos dois presentes e as formas derivadas dos imperativos.

As formas rizotônicas e arrizotônicas são muito importantes para o estudo das irregularidades e defectividades verbais.

2) Formas nominais

Além dos modos indicativo, subjuntivo e imperativo os verbos apresentam ainda três formas nominais: infinitivo, gerúndio e particípio. São assim chamadas porque podem ter a função do nome:

a) Infinitivo corresponde ao substantivo

Exemplo: Errar é humano.

b) Gerúndio corresponde ao advérbio

Exemplo: Partiu sorrindo.

c) Particípio corresponde ao adjetivo

Exemplo: Levava vida desregrada

3) Tempos primitivos e derivados

QUADROS DOS TEMPOS PRIMITIVOS E DERIVADOS

PRIMITIVOS
DERIVADOS
a) presente do indicativo
Presente do subjuntivo
Imperativo afirmativo
Imperativo negativo
b) pretérito perfeito do ind..
Mais que perfeito do ind.
Imperfeito do subjuntivo
Futuro do subjuntivo
c) infinitivo impessoal
Futuro do presente
Futuro do pretérito
Imperfeito do indicativo
Infinitivo pessoal
Gerúndio
Particípio

a) Tempos derivados do presente do indicativo

Da 1ª pessoa do presente do indicativo origina o presente do subjuntivo, trocando o O por E na 1ª conjugação. Na 2ª e 3ª conjugações trocam-se O por A.

Formação do presente do subjuntivo

Presente do
Indicativo
Primeira
Conjugação
Segunda e terceira
Conjugação

Cant o
Corr o
Part o

- O + E =
Cant/e
-O + A =
Corr/a
Part/a

Alguns verbos fazem exceção: sou – seja; estou – esteja; sei – saiba.

Se o verbo não tiver a 1ª pessoa do presente do indicativo, não terá todo o presente do subjuntivo. São os defectivos que veremos à frente. Ex: colorir, precaver-se, etc.

Formação do imperativo afirmativo.

As segundas pessoas (tu e vós) formam-se do presente do indicativo menos o S final; as demais pessoas vêm idênticas do presente do subjuntivo. Não se usa a 1a pessoa do singular (eu) nos imperativos, pois ninguém dá ordem para si mesmo. As terceiras pessoas se referem a você e vocês e não ele(s) e ela(s).

Presente do
indicativo
Imperativo
afirmativo
Presente do
subjuntivo
Cant o
Não tem
Cante
Cantas – s
Canta tu
Cantes
Canta
Cante você
Cante
cantamos
Cantemos nós
Cantemos
Cantais – s
Cantai vós
Canteis
cantam
Cantem vocês
Cantam

Formação do imperativo negativo

Todas as pessoas vêm do presente do subjuntivo idênticas, mas antecedidas do advérbio não.

Imperativo negativo
Não tem
Não cantes tu
Não cante você
Não cantemos nós
Não canteis vós
Não cantem vocês

b) Tempos derivados do pretérito perfeito

PRIMITIVO

DERIVADOS

DA 3ª PESSOA DO PLURAL
DO PRETÉRITO PERFEITO

Falaram
Venderam
partiram

 

1) MAIS-QUE-PERFEITO DO INDICATIVO

Suprimindo-se o M
Falara, vendera, partira

2) IMPERFEITO DO
SUBJUNTIVO

Retira-se RAM e adiciona-se
SSE
Falasse, vendesse, partisse

3) FUTURO DO SUBJUNTIVO

Retira-se AM
Falar, vender, partir

c) Tempos derivados do infinitivo impessoal

PRIMITIVO

DERIVADOS

INFINITIVO IMPESSOAL

Falar
Vender
Partir

 

 

1) FUTURO DO PRESENTE + EI

Falarei
Venderei
Partirei

2) FUTURO DO PRETÉRITO + IA

Falaria, venderia, partiria

3) IMPERFEITO DO INDICATIVO

1ª) falar-ar + ava = falava
2ª) vender-er + ia = vendia
3) partir-ir + ia = partia

4) GERUNDIO: - R + NDO.

Falando, vendendo, partindo

5) PARTICÍPIO: - R + DO

Falado, vendido, partido

 

4) Classificação dos verbos: Regulares, irregulares, defectivos, anômalos, abundantes.
  • Regulares

São verbos que não apresentam nenhuma modificação no radical ou na desinência. Seguem assim integralmente os paradigmas. Sabendo um de cada conjugação, você saberá todos os regulares. Na prática, você pode conjugá-lo assim: radical + desinências, no presente do indicativo, no pretérito perfeito do indicativo e no infinitivo. Observando os tempos derivados de cada um deles. Vamos fazer um modelo na primeira conjugação.

DERIVADOS DO PRESENTE DO INDICATIVO

O presente do subjuntivo vem da 1a pessoa do singular do presente do indicativo trocando o por e na 1a conjugação. Na 2a e 3a conjugação troca o por a.

Presente do Indicativo
Presente do Subjuntivo
andO
andE
andas
andES
anda
andE
andamos
andEMOS
andais
andEIS
andam
andEM

Sabendo o presente do indicativo e o presente do subjuntivo podemos facilmente derivar os dois imperativo, conforme explicado anteriormente:

AFIRMATIVO
NEGATIVO
Anda tu
Não andes
Ande você
Não ande
Andemos nós
Não andemos
Andai vós
Não andeis
Andem vocês
Não andem

Derivados do pretérito perfeito da 3a pessoa do plural do pretérito perfeito saem.

PRETÉRITO PERFEITO
MAIS QUE PERFEITO
andei
and ARA
andaste
and ARAS
andou
and ARA
andamos
and ARAMOS
andastes
andAREIS
andARAM
andARAM

 

IMPERFEITO DO SUBJUNTIVO
FUTURO DO SUBJUNTIVO
anda SSE
anda R
anda SSES
anda RES
anda SSE
anda R
andá SSE MOS
anda R MOS
andá SSE IS
anda R DES
anda SSE M
anda R EM

Derivados do infinitivo não flexionado são:

FUTURO DO PRESENTE
FUTURO DO PRETÉRITO
anda rei
Anda ria
anda rás
Anda rias
anda rá
Anda ria
anda remos
Anda ríamos
anda reis
Anda ríeis
anda rão
Anda riam

 

IMPERFEITO DO INDICATIVO FORMAS NOMINAIS
Anda va
Anda ndo– andando
Anda vas Anda do– andado
Anda va  Anda r - andar
Andá vamos  
Andá veis  
Anda vam  

O imperfeito forma-se com va/ve na 1a conjugação e ia/ie na 2a e 3a fazem exceções: ser, ter, vir, pôr.

  • Irregulares

São aqueles que apresentam variação no radical ou nas desinências, afastando-se assim do modelo. Consideremos o verbo pedir. Vamos verificar como fica no presente do indicativo, no presente do subjuntivo, no pretérito perfeito e nos seus derivados.

Presente do indicativo
Presente do subjuntivo
Pretérito perfeito
Peço
Peça
Pedi
Pedes
Peças
Pediste
Pede
Peça
Pediu
Pedimos
Peçamos
Pedimos
Pedis
Peçais
Pedistes
Pedem
Peçam
Pediram

Observamos que na 1ª pessoa do presente do indicativo o verbo mudou o radical de ped para peç. Daí a irregularidade no presente do subjuntivo e nos imperativos. Já no pretérito perfeito, o radical da 3ª pessoa do plural não apresenta alteração, permanecendo ped, por isso ele é um verbo irregular fraco.

  • Tempos derivados do pretérito perfeito.

Mais que perfeito: pedira, pediras, pedira, pedíramos, pedíreis, pediram.
Imperfeito do subjuntivo: pedisse, pedisses, pedisse, pedíssemos, pedísseis, pedissem.
Futuro do subjuntivo: pedir, pedires, pedir, pedirmos, pedirdes, pedirem.

  • Derivados do infinitivo impessoal

Futuro do presente: pedirei, pedirás, pedirá, pediremos, pedireis, pedirão
Futuro do pretérito: pediria, pedirias, pediria, pediríamos, pediríeis, pediriam
Formas nominais: pedindo, pedido, pedir.

Consideremos agora o verbo caber:

Presente do indicativo
Pretérito perfeito
Caibo
Coube
Cabes
Coubeste
Cabe
Coube
Cabemos
Coubemos
Cabeis
Coubestes
Cabem
Couberam

Conforme você já observou o verbo caber mudou o radical nos dois tempos primitivos, isto é:

Presente = caibo, pretérito perfeito = coube.

Em conseqüência, os tempos primitivos do presente apresentarão o radical caib e os tempos primitivos do pretérito perfeito, o radical coub.
Em razão disso, podemos afirmar que o verbo caber é um irregular forte, porque apresenta irregularidades nos dois tempos primitivos: presente do indicativo e pretérito perfeito.

VERBOS IRREGULARES NA 1ª CONJUGAÇÃO

É útil estudar os verbos irregulares dentro das 3 conjugações. A 1ª conjugação, por exemplo, apresenta poucos casos de irregularidades. Na verdade poderemos considerar apenas dois grupos de irregularidades na 1ª conjugação:

1º grupo

Verbos terminados em EAR do tipo passear. Esses verbos recebem um I, eufônico, depois do E do radical nas formas rizotônicas.

Presente do Indicativo
Presente do Subjuntivo
Passe I o
Passe I e
Passe I as
Passe I es
Passe I a
Passe I e
Passe amos
Passe emos
Passe ais
Passe eis
Passe I am
Passe I em

2º grupo

Há cinco verbos terminados em IAR: mediar, ansiar, remediar, incendiar e odiar que formam o acróstico MÁRIO e são irregulares, pois recebem um E nas formas rizotônicas. Vejamos um deles:

Presente do Indicativo
Presente do Subjuntivo

odE io

odE ie
odEi as
odE ies
odE ia
odE ie
od iamos
odi emos
od iais
odi eis
odE iam
odE iem

OBS.: Verbos terminados em IAR que não pertençam ao grupo MÁRIO se conjugam normalmente. Ex: avaliar, negociar, premiar.

Verbos irregulares na 2ª e 3ª conjugação.

São numerosos os verbos irregulares da e conjugação. Vejamos alguns:
2ª conjugação: caber, poder, fazer, ver, trazer, ler, crer, pôr, etc.
3ª conjugação: agredir, mentir, pedir, ouvir, vir, etc.

Aconselhamos você a trabalhar com esses verbos primeiro nos tempos primitivos: presente do indicativo, pretérito perfeito do indicativo e infinitivo impessoal. Depois você trabalhará com os tempos derivados.

Cognatos

É também muito útil observar que se você aprendeu bem alguns verbos irregulares, aprenderá também outros que são cognatos dos primeiros, por exemplos:

PÔR – dezenas de verbos que por ele se conjugam: apor, dispor, compor, repor, supor,etc.
VER – rever, entrever, prever.
VIR – intervir, convir, provir, sobrevir.
FAZER – refazer, desfazer, etc.
TER – manter, conter, entreter, etc.

Crê, dê, lê, vê.

Esses 4 verbos e seu cognatos apresentam dificuldades ortográficas na 3a pessoa do plural pres. do ind. e (dar) no pres. subj.

Ele crê - Eles crêem; Ele dê - Eles dêem; Ele lê - Eles lêem; Ele vê - Eles vêem.

VERBOS DEFECTIVOS

Verbos que não possuem uma ou mais forma, não sendo, portanto, conjugados plenamente. Alguns casos principais:

1) Abolir, colorir, demolir, explodir e outros. São defectivos na 1ª pessoa do presente do indicativo e em todo o subjuntivo e ainda nos imperativos.

2) Verbo “precaver-se” que no presente do indicativo possui apenas as formas arrizotônicas: precavemo-nos e precavei-vos. É totalmente defectivo no presente do subjuntivo.

3) Verbo reaver. Só se conjuga nas formas em que o haver tem a letra V. presente do indicativo: reavemos, reaveis. Presente do subjuntivo: não tem. Ver mais curiosidade Compito e Computa

VERBOS ANÔMALOS

Na verdade é um verbo irregular que muda totalmente o radical. Geralmente são monossilábicos como: ir = fui; ser = fui.
Portanto, apresenta alterações profundas no radical.

VERBOS ABUNDANTES

Verbos que possuem mais de uma forma, geralmente no particípio.

Aceitar = aceitado, aceito
Expulsar = expulsado, expulso

Mais raramente em outros tempos: havemos e hemos, constrói e construi.

Particípios duplos

aceitado aceito
acendido aceso
elegido eleito
entregado entregue
expulsado expulso
gastado gasto
imprimido impresso
pegado pego
prendido preso
suspendido suspenso

A 1a forma é mais usado na voz ativa com os auxiliares ter ou haver. A segunda forma é usado no passiva com auxiliares: ser, estar, ficar.